Doenças Sexualmente Transmissíveis

Perguntas frequentes - 002
Home Page









P: ... é possível pegar algum tipo de DST usando vibradores usados por outras pessoas?

R: Sem dúvida, o vibrador pode veicular DSTs e não deve ser compartilhado.

P: Há 1 semana, tinha bebido umas e outras e transei com uma garota de programa e não usei camisinha. Agora caí na real e estou muito preocupado. O que devo fazer? Já posso fazer o teste para HIV?

R: O exame deve ser feito após 90 dias da data da provável exposição de risco. Voce terá que aguardar cerca de 11 semanas para fazer o teste anti-HIV. Quando estiver chegando próximo ao fim do prazo procure um médico para consulta e orientação. Não deixe de usar a camisinha em suas futuras relações sexuais.

P: A Gonorréia é transmitida exclusivamente pela relação sexual? Meu marido foi ao médico e ele disse que ele está com esta doença, mesmo antes de fazer exames.

R: Na grande maioria das vezes a gonorréia é transmitida pela relação sexual. Eventualmente pode ocorrer transmissão através de fômites, mas cuidado, muitos médicos e profissionais da área de saúde costumam usar o termo "gonorréia" como sinônimo de uretrite. A gonorréia é uma uretrite mas nem toda uretrite é gonorréia. 

P: Meu esposo está sentindo ardor ao urinar, e sai uma secreção uretral matinal, antes transparente, agora amarelada e também ele diz sentir como se coçasse por dentro da uretra. O que pode ser? Qual exame o sr. aconselha a ser feito

R: A descrição sugere uma uretrite. Ele deve procurar um urologista para confirmação laboratorial, fazer o tratamento e o contrôle de cura. Você deve procurar seu ginecologista.

P: O exame bacterioscopia da secreção uretral pode detectar todas àquelas infecções citadas no site? Caso negativo, quais infecções pode detectar?

R: Serve para detectar o agente causal das uretrites.

P: Após a relação sexual (anal e vaginal) sinto um desconfortável ardor vaginal e dores ao urinar. Será que é devido ao fato de fazer sexo anal e depois vaginal?

R: Não se deve praticar um contato ou penetração vaginal após uma penetração anal. Quando isto por alguma razão tiver que acontecer, uma boa higienização peniana (no chuveiro, com água e sabão) deve ser feita antes da penetração vaginal.

P: Apareceu no meu pênis (na glande) uma verruga muito pequena, bem menor que a das fotos disponíveis no site. Pode ser Condiloma?

R: Pode sim e é muito provável que seja. O tamanho dos condilomas é muito variável. Alguns são tão pequenos que necessitam do auxílio de instrumento ótico (lupa) para visualizá-los.

P: ... faz mais de um ano que venho fazendo tratamentos de candidíase e ela sempre volta. Isto está atrapalhando o relacionamento com meu namorado. Minha ginecologista já deve estar cansada de ver minha cara de dois em dois meses no consultório. Pode me ajudar?

R: Nos casos de candidíase recidivante (melhora e volta) deve-se pensar na existência de um fator predisponente que deve ser investigado. No site eu cito alguns. Na próxima consulta comente com sua médica esta possibilidade.

P: Que exame se faz para saber se uma pessoa está com sífilis?

R: Se tiver um cancro duro (ferida que caracteriza a porta de entrada do agente da doença no organismo) o exame a ser feito é a pesquisa do treponema no material colhido da lesão. Após a cura do cancro (a cura é expontânea, independente de tratamento) deve ser feito um exame de sangue. Estes exames devem ser solicitados e interpretados por um médico.

P: ... meu namorado tem uns carocinhos que parecem umas verruguinhas muito pequenas ao redor de toda a cabeça do pênis. Ele disse que faz tempo que ele tem isso mas fiquei muito preocupada com a possibilidade de ser uma DST. Ele diz que vai ao médico mas fica sempre adiando. O que o sr. acha que pode ser? É grave?

R: Voce deve estar se referindo a algumas glândulas que os homens possuem na coroa da glande. São as chamadas glândulas de Tyson e são responsáveis pela produção do esmegma (aquele pózinho branco e de odor desagradável que se acumula na região, eventualmente). Isto não é uma doença. Recomende que ele procure um urologista ou Posto de saúde para confirmação.

P: Gostaria de saber se o período de incubação do HPV pode chegar a 4 ou 5 anos e se nesse perído pode haver transmissão?

R: As manifestações do HPV podem demorar até mais tempo que isto ou nunca ocorrer. A maioria das pessoa portadoras não apresentam manifestações clínicas (condilomas ou lesões do colo uterino) mas podem transmitir o vírus.

P: Eu já tive Herpes Genital. Já faz mais de um ano que não tenho lesões. Posso dizer que estou curada? Existe risco de transmissão? Devo continuar usando preservativo?

R: O controle de cura desta doença é complicado. O mais provável é que ainda seja portadora do vírus e portanto possa transmiti-lo. Lembrar que a proteção dos preservativos neste caso é relativa. Troque ideias com seu(ua) ginecologista sobre isto.

P: O que são medicamentos imunosupressivos que estão citados como fatores predisponentes ao aparecimento da candidíase?

R: São medicamentos que interferem diminuindo nossa resposta imunitária (corticosteroides, quimioterápicos etc.) tornando-nos mais vulneráveis a determinadas doenças, especialmente infecções.





Perguntas frequentes
(Menu)

Introdução
Página 001
.....
Página 003
Página 004
Página 005
Página 006



Cancro Duro | Cancro Mole | Candidíase | Herpes Simples Genital
Gonorréia | Condiloma acuminado/HPV | Linfogranuloma Venéreo | Granuloma Inguinal
Pediculose do púbis | Hepatite B | AIDS | Infecção por clamídia | Infecção por trichomonas
Infecção por ureaplasma | Infecção por gardnerella | Molusco Contagioso
Anatomia Genital | Glossário | Sexo Seguro | Generalidades | Gravidez & DST

Topo | Home Page | Próxima