Doenças Sexualmente Transmissíveis

Perguntas frequentes - 006
Home Page









P: Tive relações sexuais com uma garota e ela praticou sexo oral em mim sem preservativo. Depois nós transamos com camisinha mas a mesma se rompeu sem que eu tivesse percebido. Estou muito preocupado. É possível eu ter sido contaminado por alguma DST?

R: É possivel sim, principalmente por tratar-se de uma parceira de risco (ela aceitou fazer sexo oral em você sem exigir proteção e pode estar fazendo isto com outras pessoas, aumentando a chance de já ter sido contaminada por alguma doença). Procure um urologista ou um Posto de Saúde em sua cidade para orientar-se na conduta a ser seguida a respeito.

P: Porque foram omitidos os nomes dos medicamentos referentes as DSTs descritas no site?

R: A omissão foi proposital afim de evitar a automedicação que, em especial nos casos de doenças infecciosas, pode resultar na perpetuação ou agravamento da doença em razão de: "diagnóstico" errado, escolha errada do medicamento, dosagem e uso incorreto, desconhecimento dos efeitos colaterais, desenvolvimento de resistência bacteriana etc. Em minha experiência de consultório os casos de DST que dão mais trabalho para serem resolvidos são aqueles em que a pessoa já tenha praticado a automedicação ou feito algum tratamento "receitado" por balconista de farmácia que, como já disse no site (Generalidades), corresponde a uma roleta russa invertida pois de vez em quando o tratamento é o correto. Um tratamento adequado requer um exame clínico (história relatada pelo paciente seguida de um exame físico), realização de exames complementares quando solicitados, tratamento e posterior contrôle de cura, os quais devem ser realizados por profissional médico. Nos casos de DST ainda há de se preocupar com o tratamento dos(as) parceiros(as).

P: É possível ocorrer o câncer de pênis em consequência do HPV? Porque não se ouve falar nisso tanto quanto sobre o câncer ginecológico e o HPV?

R: O câncer de pênis é bem mais raro que o câncer ginecológico. Além disso, o pênis é um órgão externo, cujas alterações são facilmente identificadas pelos homens, que procuram cuidados médicos bem antes de apresentarem sinais de transformação, já o colo do útero (sede principal do câncer ginecológico) é um órgão interno, não acessível ao exame pela própria mulher, daí a ênfase ao exame ginecológico periódico (no mínimo anual) que serve especialmente para rastreamento dessa doença.

P: De uns 10 dias para cá meu parceiro está se queixando de queimação na urina e não está apresentando secreção. Fez um exame de urina que foi considerado normal. Pode ser alguma DST?

R: Pode. Uma uretrite pode manifestar-se apenas com ardor e/ou prurido (coceira) uretral e não é raro que isto ocorra. Ele deve procurar cuidados médicos para uma investigação da causa dos sintomas e, dependendo dos resultados, você também.

P: O que é Fimose? E Parafimose?

R: Visite a página Glossário (http://www.dst.com.br/glossario.htm) no meu site e procure por Fimose e Parafimose.

P: A masturbação pode trazer algum problema de saúde?

R: A masturbação, tanto masculina quanto feminina, é considerada pela medicina como prática normal e não causa problemas de saúde, ressalvados os casos em que é praticada de forma compulsiva e exagerada.

P: Fiz tratamento de uma uretrite (por clamídia) e os exames feitos posteriormente revelaram que eu estava curado, só que ao espremer a uretra eu vejo que a secreção ainda não acabou. É normal? Devo voltar ao médico e fazer novos exames?

R: A uretra é um órgão muito sensível e o ato de espreme-la (ordenhá-la) pode causar traumatismos que por sua vez podem ser responsáveis pela persistência da secreção. Experimente suspender esta prática durante alguns dias e se o corrimento não melhorar, volte ao médico para uma revisão.

P: Minha esposa está sentido desconforto durante a relação sexual. Na minha glande apareceram alguns pontos avermelhados que coçam um pouco. Isto já está ocorrendo há uma semana. Minha mulher foi ao ginecologista mas ainda não tem o resultado dos exames. Ontem tivemos relação e hoje amanheci com o pênis um pouco inchado e sensível. Pelo que pude apurar no seu site estamos com candidíase e isto está gerando um clima geral de desconfiança lá em casa. Como podemos ter pego esta doença já que sou fiel e acredito na fidelidade de minha esposa?

R: Sua descrição sugere mesmo uma candidíase que é uma infecção muito comum inclusive em casais monogâmicos. Em geral ela é primária em mulheres mas pode ser transmitida ao parceiro. O recomendável é que o casal suspenda sua atividade sexual e procure tratamento médico.

P: Meu namorado tem 20 anos e diz que tem água no saco escrotal que dificulta o crescimento dos testículos. Ele consegue ereção para se masturbar e chegar ao orgasmo, mas não consegue manter seu pênis ereto para a penetração vaginal. Poderia me explicar se o problema da água escrotal tem a ver com o problema de ereção ou pode ser consequencia de alguma DST?

R: A coleção de líquido no interior da bolsa escrotal chama-se Hidrocele e, em geral, não tem nada a ver com o desenvolvimento dos testículos, com o problema de ereção e muito menos com alguma DST. O problema de ereção que ele está apresentando quase certamente tem origem psicogênica, talvez até relacionada com a deformidade anatômica (plástica) causada pela presença da hidrocele. Recomende a ele que procure um urologista para uma avaliação e tratamento adequados de ambos os problemas.

P: Tenho 16 anos e fiquei sabendo pelo seu site que estou com três doenças: Sífilis, Gonorréia e Herpes Genital. Por eu ser menor e me sentir constrangido pra pedir pro meu pai me levar a um urologista eu peço uma ajuda de como eu seria capaz de resolver essas doenças...Se fosse com antibióticos, quais seriam eles? Que exames tenho que fazer para ver se estou realmente com elas?

R: É pouco provável que aos 16 anos esteja com estas três doenças. As informações aqui contidas não devem ser utilizadas para fazer "diagnósticos" ou tratamentos das DSTs. O objetivo é estimular a prevenção e também ensinar a reconhecer a presença de alguma DST. O diagnóstico e tratamento das mesmas devem ser feitos por um médico, de preferência com especialidade na área. No seu caso eu sugiro que deixe de constrangimento e solicite ao seu pai que providencie uma consulta médica ou então que você mesmo marque uma consulta em um Posto de Saúde de sua cidade.





Perguntas frequentes
(Menu)

Introdução
Página 001
Página 002
Página 003
Página 004
Página 005
.....



Cancro Duro | Cancro Mole | Candidíase | Herpes Simples Genital
Gonorréia | Condiloma acuminado/HPV | Linfogranuloma Venéreo | Granuloma Inguinal
Pediculose do púbis | Hepatite B | AIDS | Infecção por clamídia | Infecção por trichomonas
Infecção por ureaplasma | Infecção por gardnerella | Molusco Contagioso
Anatomia Genital | Glossário | Sexo Seguro | Generalidades | Gravidez & DST

Topo | Home Page | Próxima